Nosso Ensaio De Cinza

4 modelos de cbr Tutorial como fazer um vídeo de 15 anos

a decisão de problemas de prover de recursos deve passar-se à custa de estoques da matéria prima e transportadoras de energia de outros países, guardando assim o seu desenvolvimento unilateral como os anexos dos complexos de produção de matéria-prima de economias dos países desenvolvidos;

Na Bielorrússia por causa de uma colocação de situação ecológica aversa das novas empresas da indústria química, petroquímica, microbiológica e os ramos consomem o metal da engenharia mecânica reconhece-se inconveniente. Não é ótimo e a estrutura desenvolvida de um complexo econômico em relação ao ambiente.

A despesa na solução de problemas ambientais a 2% do PNB é obviamente não bastante, por isso, é expediente para alocar fundos de todos os componentes do PNB que tem de preceder a distribuição de recursos de acumulação e consumo.

A nova aproximação assume a interpenetração biológica e social, a sua complementaridade e um associativity, a fusão de economia e ecologia no sistema uniforme aos níveis locais, regionais e globais. Dentro de tal sistema cada subsistema seu – econômico e natural – é equivalente e enfocou tanto a realização de altos resultados econômicos, como a manutenção do equilíbrio em uma circulação ambiente circundante – recursos – produção – ambiente.

A perda da responsabilidade por resultados separados de uma revolução científica e tecnológica pode tornar-se uma de consequências importantes do mundo inteiro. Exprime-se, de um lado, em uma contradição entre um instinto humano ao instinto de autopreservação e o crescimento de exigências e lucros – com o outro.

O nosso atraso mostra-se especialmente em comparação com os países do Oeste onde o mercado espaçoso de ecoequipment já se formou e houve ramos inteiros que se especializam no lançamento do equipamento de antipoluição que tem impacto positivo no crescimento econômico.

Um dos problemas mais importantes de toda a humanidade é fome no mundo. Em primeiro lugar une-se com existência e distribuição da comida. No mundo 800 milhões de pessoas, ou 15% da população de Terra morrem de fome. Aproximadamente 18 milhões de pessoas, especialmente em países em desenvolvimento anualmente morrem da fome, centenas de milhões undereat.

Para a Bielorrússia verdadeira oportunidade de parar a degradação econômica e social - para fazer a economia do mais eficaz. Se o crescimento econômico alto e estável se fornece (por via de regra, 6-8% anualmente) conseguir um padrão da vida dos países desenvolveu-se europeu, 35-40 anos vão se necessitar. Ao mesmo tempo, se é possível criar o mecanismo do avanço das pessoas mais talentosas de todos os setores da sociedade na elite intelectual e administrativa, o desenvolvimento econômico do país pode acelerar-se.

Os fundos ecológicos das empresas formam-se devido a cargas de depreciação em objetos de proteção de natureza. A parte do lucro de equilíbrio da empresa se sem ele não forem capazes de apoiar os limites de jogo do impacto no ambiente também tem de ir-lhes.

E.Pestel, D. Medouz, o desenvolvimento de M. Mesarovich, etc. no qual a aproximação ekologo-econômica integrada de categorias da prosperidade, a eficiência de uma produção social, productivities de atividades sociais tanto a outros fenômenos sociais como a econômicos e processos se personifica merecem a atenção do trabalho de cientistas de V. Leontyev, Ya. Tinbergen. Dentro do pensamento global as conclusões principais criaram-se sobre:

Até o nosso século, apesar de realizações na ciência, cultura em certos países, o mundo em geral, na essência, permaneceu o iletrado, e a grande maioria da sua população não foi capaz de ler, nem escrever. Só durante o XX século a aproximação potente do analfabetismo da sua eliminação esteve em volta do mundo empreendido.

O aspecto importante dos problemas globais unidos com uma revolução científica e tecnológica é o problema de educação. Contudo sem aquelas modificações enormes que aconteceram na educação, nem a revolução científica e tecnológica, nem grandes realizações no desenvolvimento da economia mundial, aqueles processos democráticos nos quais o número crescente dos países e as pessoas do mundo se implicam seriam impossíveis.